ÉÉÉGUAAA - A página de entretenimento mais curtida de Joinville!

» Notícias

11 médicos cubanos deixam Joinville

Publicado em 19 de novembro de 2018

A Prefeitura de Joinville, através da Secretaria da Saúde, informa que a decisão do governo de Cuba em deixar o programa Mais Médicos vai resultar na saída imediata de 11 médicos cubanos que atuavam no município desde 2013. A previsão é que esses profissionais deixem o município até o final do ano.

Os profissionais estão atuando nas seguintes Unidades Básica de Saúde da Família (UBSF):

UBSF Dom Gregório (Jardim Iririú) – 1 médico
UBSF Moinho dos Ventos (Espinheiros) – 1 médico
UBSF Floresta – 2 médicos
UBSF Petrópolis – 2 médicos
UBSF Paranaguamirim – 1 médico
UBSF Itaum – 1 médico
UBSF Jardim Edilene – 1 médico
UBSF Parque Guarani – 1 médico
UBSF Jarivatuba – 1 médico

O atendimento dos médicos cubanos representa cerca de 17% do Distrito Sul e cerca de 6% do Distrito Centro. O total é de 4,5 mil atendimentos realizados por mês.

Diante desta situação, a Secretaria da Saúde iniciou o planejamento para minimizar os impactos nos atendimentos nas unidades de saúde onde atuam os médicos cubanos:

– A prioridade é garantir a manutenção do atendimento à população, mesmo que haja limitações causadas pelo impacto da saída dos profissionais.

– A Secretaria da Saúde de Joinville está avaliando a possibilidade de realizar mutirões, ampliar o atendimento nos finais de semana, realocar profissionais da rede para suprir os atendimentos nas unidades e possíveis reagendamentos das consultas.

– Serão priorizados casos urgentes, de retorno de exames e de renovação de receitas

A Prefeitura de Joinville ressalta a dificuldade de contratação de mais profissionais, devido às limitações financeiras. A Secretaria da Saúde espera que o Governo Federal tome medidas de apoio aos municípios que aderiram ao programa Mais Médicos, para que seja definida uma ação imediata para suprir a falta de profissionais na rede pública.

Deixe o seu comentário