ÉÉÉGUAAA - A página de entretenimento mais curtida de Joinville!

» Notícias

História de expressão mais falada em Joinville

Publicado em 22 de Março de 2017

Histórias que o povo conta

A expressão “Égua” era usada pelo carroceiro da antiga padaria Brunkow, que entregava pão nas casas, no tempo que Joinville era uma cidadezinha de 45000 habitantes. Para isso, o carroceiro, de nome Miguel, conduzia a carrocinha puxada por uma égua mansa muito inteligente. Ela sabia os endereços onde tinha que parar. Devido à mansidão do animal, não era preciso usar o chicote.    A égua parava na casa, o Miguel descia da carroça, entregava o pão, e ao retornar, bastava gritar: Égua!, que o animal retomava a marcha até o próximo endereço. Esse grito era repetido diariamente em praticamente todas as ruas da cidade, tanto que ficou na memória do povo. A carrocinha ainda existe, pintada de laranja, com letras verdes, e está no galpão atrás do Museu Nacional de Imigração e Colonização. Isso foi nos períodos das administrações de Baltasar Buschle e Helmuth Fallgatter.

Deixe o seu comentário